fbpx

Viajar na alta temporada pode ser uma experiência interessante e não tão cara quanto se imagina. Nem todo mundo tem a possibilidade de tirar férias em meses mais baratos, por isso é preciso se adaptar às necessidades para não ficar de fora daquela trip tão sonhada.

Para quem já sabe de antemão que as férias acontecem em meses específicos, o planejamento é a alma do negócio! É possível, sim, aproveitar todos os momentos de lazer sem precisar se preocupar se a conta vai fechar no final da viagem.

Como é sabido, na alta temporada os preços são mais caros. E isso fica ainda mais evidente quando você deixa para comprar a viagem em cima da hora. Com meses de antecedência e algumas técnicas infalíveis é possível encontrar preços interessantes e adequar o roteiro ao bolso do viajante.

Está na dúvida sobre como fazer a viagem dos sonhos mesmo nos meses mais caros? Confira 5 dicas e aprenda a economizar na sua viagem!

1. O planejamento é a chave para viajar na alta temporada

Decidir um roteiro e começar a pesquisar sobre o destino é a melhor forma de levantar os custos para a viagem. Diante do seu orçamento, é preciso fazer uma reserva de dinheiro para pagar os custos de transporte e hospedagem, além dos gastos previstos com lazer, alimentação e compras.

Se tudo estiver na ponta do lápis, não importa a época do ano, é possível fazer a viagem dos sonhos sem muitas preocupações.

2. As pesquisas e os alertas de passagens durante o ano todo

Decidido o destino, é hora de começar a procurar as passagens mais baratas. Todos os meses, as companhias aéreas fazem promoções. Então, fique atento às oportunidades para pagar mais barato.

Ative a opção de alerta de preços dos sites de busca para ajudar no monitoramento. Em seguida, procure dias alternativos para o preço ficar ainda mais interessante!

3. Os programas de milhas e as bonificação disponíveis

Não deixe as opções de desconto ou troca de passagens passarem em branco. Use as bonificações do cartão de crédito para juntar milhas — saiba que o transporte é um dos custos mais altos da viagem, principalmente na alta temporada.

Algumas empresas fazem promoções de milhagem para troca de passagens, aluguel de carro e reserva de hotéis. Dessa forma, se os seus pontos forem suficientes para pagar outros custos da viagem, aproveite!

4. A hospedagem não precisa ser luxuosa

Atualmente, na alta temporada os hotéis têm uma segunda tabela, com preços mais elevados para o mesmo serviço. Procure hospedagens boas, mas não se paute somente no conforto. Pense na localização e em alguns benefícios como café da manhã ao invés do tamanho do quarto ou da vista privilegiada. Pequenas alterações podem trazer grandes descontos!

5. O consórcio de viagem é uma realidade

O consórcio é uma forma de conseguir crédito para financiar uma compra sem pagar juros, somente as taxas administrativas. Com essa forma de poupança, é possível saber ao final do período de contrato o valor que você terá disponível para gastar com a sua viagem. As cartas de crédito variam de R$ 2 mil a R$ 30 mil.

Aplicando as estratégias corretas para conseguir preços atrativos é possível viajar em qualquer época do ano. Fazer um bom planejamento tanto do roteiro quanto dos custos é a forma mais saudável de aproveitar as férias.

Gostou dessas dicas para viajar na alta temporada? Infalíveis, não é mesmo? Então aproveite para compartilhar este texto com os seus amigos nas redes sociais. Afinal, quem não quer viajar gastando menos?

Escreva um comentário