fbpx

Técnica queridinha de celebridades, o preenchimento labial ganhou fama entre quem quer ter uma boca marcante e um sorriso bonito. Para minimizar os sinais de envelhecimento ou, simplesmente, dar volume aos lábios, são injetadas substâncias por meio de seringas. Sem necessidade de ser feito em um centro cirúrgico, é considerado minimamente invasivo.

O preenchimento labial pode ser feito por quem precisa reconstruir o lábio ou, apenas, por uma questão estética. A técnica deixa o rosto com expressão mais alegre e jovial, combatendo os efeitos do envelhecimento e da aparência cansada e estressada.

Se você quer ficar com a boca mais carnuda, este artigo vai tirar as suas dúvidas. Continue lendo para entender como é feito e quais são os cuidados a serem tomados.

Como é feito

O procedimento não é considerado uma cirurgia plástica e pode ser realizado em clínicas ou consultórios. A substância mais utilizada no preenchimento labial é o ácido hialurônico. Ele apresenta menor risco de reações alérgicas e seu uso é bastante seguro.

O ácido hialurônico está presente em nosso organismo, mas a sua quantidade vai reduzindo com o passar dos anos. Os produtos são biocompatíveis e testados dermatologicamente antes da comercialização, sendo os riscos de efeitos colaterais bem pequenos.

A injeção com uma agulha fina, ou uma cânula, é introduzida em pontos estratégicos da boca. O ácido hialurônico vai preencher os lábios e linhas de contorno (conhecidas como código de barras). Ele funciona atraindo moléculas de água e induzindo a formação do colágeno pelo organismo do paciente. Além de conferir volume, melhora a hidratação e a sustentação da pele.

Duração do preenchimento labial

O preenchimento com ácido hialurônico é temporário e dura de seis meses a um ano. O tempo de duração varia de acordo com a marca do produto e, também, com o organismo do paciente. Há marcas de ácido hialurônico com tecnologia associada que podem proporcionar maior durabilidade.

Recuperação

Por não ser um procedimento invasivo, o preenchimento labial não requer qualquer tipo de repouso após ser aplicado. O paciente pode sair da aplicação direto para suas atividades normais.

Os lábios devem ficar inchados por cerca de 48 horas e podem ocorrer pequenos hematomas. A região também pode ficar quente e com maior sensibilidade durante esse breve período.

Há ainda chance de surgimento de granulomas, pequenas bolinhas que são uma espécie de processo inflamatório em resposta do organismo por reconhecer algo que não é originalmente seu. Essa reação é rara e tende a ser resolvida pelo próprio organismo em poucos dias.

Contraindicações

Por ser um procedimento seguro e com poucos riscos, as contraindicações são poucas. O preenchimento labial é contraindicado para pessoas que sofrem de doenças autoimunes, gestantes e para quem tem alergia ao ácido hialurônico.

Preenchimento bem feito

Para garantir a procedência do produto e a aplicação correta é necessário que um médico seja responsável pela aplicação. O ideal é que o profissional seja especializado em dermatologia ou cirurgia plástica.

O profissional deve indicar a quantidade adequada para que o preenchimento labial fique natural e harmônico com o resto do rosto. A escolha de uma clínica adequada também é uma forma de garantir a segurança. O preenchimento é uma técnica simples e que produz ótimo resultado estético. Também contribui para o fortalecimento da autoestima, estando entre os mais procurados nas clínicas. E não só por mulheres.

Gostou de saber mais sobre esse procedimento? Então aproveite a visita ao nosso site e conheça as cirurgias plásticas mais comuns no Brasil.

Escreva um comentário