Você certamente já ouviu falar sobre o botox, não é mesmo? Esse termo é utilizado para nomear um potente paralisante muscular, chamado de toxina botulínica. Como ele impede a contração do músculo, a sua função mais famosa é diminuir as rugas e as marcas de expressão no rosto.

Esse bloqueio não é permanente e, na maioria das pessoas, é visível durante 6 meses. Contudo, é importante que o interessado realize uma avaliação com um dermatologista de confiança antes de se submeter ao procedimento. Continue a leitura deste post e entenda a ação dessa substância.

Como funciona esse procedimento?

O botox é armazenado em pó, em pequenos frascos. Em seguida, deve ser diluído com soro fisiológico antes de sua aplicação. O procedimento é realizado de forma injetável e, mesmo que dependa de agulhas, sua aplicação é quase indolor.

É importante que o profissional aplique o botox com uma distância de 1,5 cm entre os pontos, justamente para evitar uma aparência muito artificial. Por isso, se engana quem pensa que a toxina botulínica produz efeitos exagerados: esse quesito depende (e muito!) da mão do profissional responsável.

Quando o botox começou a ser usado em tratamentos estéticos?

O botox é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária no Brasil, a ANVISA, e por isso é considerado um procedimento seguro, sendo que o seu uso em tratamentos estéticos teve início em 2002. Depois desses anos no mercado da beleza, o botox é o maior aliado no rejuvenescimento facial — tanto de forma preventiva como de maneira a auxiliar a diminuição das rugas e das marcas de expressão.

Vale ressaltar que o seu uso foi se aperfeiçoando durante esse período, o que trouxe vários benefícios aos consumidores. Quem utiliza a toxina botulínica, atualmente, pode contar com resultados excelentes.

De quais formas ele pode ser usado?

O botox é indicado para suavizar as linhas do rosto ou prevenir a sua formação. Por isso, ele pode (e deve) ser usado na região da testa, ao redor dos olhos — para diminuir os chamados “pés de galinha” — e na glabela, espaço entre as sobrancelhas.

A indicação é que o paciente tenha, ao menos, 25 anos para fazer uso da toxina botulínica. Quem ainda não tem muitas marcas de expressão utiliza esse procedimento de forma preventiva, justamente para evitar a formação de rugas mais profundas. Entre as pessoas que tem mais marcas, o uso vai funcionar como ferramenta para aliviar essas marcas.

Quais os cuidados necessários ao fazer o procedimento?

Antes de começar, o profissional pode aplicar pomadas anestésicas na região. Ou, mesmo, utilizar gelo por alguns minutos para amenizar a sensação de desconforto que as agulhas podem causar. Depois da aplicação, recomenda-se não repetir o procedimento por, ao menos, dois meses. Como os resultados começam a aparecer na primeira semana, é preciso ter paciência. E aguardar até o organismo absorver da melhor forma a toxina botulínica injetada.

O botox é um grande aliado para quem deseja contar com uma pele jovem, bonita e com uma aparência natural. Consulte um profissional de qualidade, siga as recomendações. No final, veja os ótimos resultados que esse procedimento pode causar.

Gostou das informações sobre o botox? Interessante, não? Curta a nossa página do Facebook e veja outros posts como este.

Escreva um comentário