Entre os cursos mais procurados da área da saúde, está a faculdade de Enfermagem. Com duração de 4 ou 5 anos, o curso é responsável por formar os profissionais que auxiliam os médicos e cuidam, diretamente, dos pacientes em clínicas e hospitais.

No dia a dia da profissão, os enfermeiros atuam em diferentes momentos, sempre no sentido de proporcionar bem-estar aos doentes. Podem, por exemplo, trabalhar na triagem antes do atendimento médico, aferindo a pressão e medindo a temperatura do paciente, ou, até mesmo, auxiliar cirurgiões em operações.

Se você quer saber mais sobre a faculdade de Enfermagem, continue lendo nosso post.  Descubra os pormenores da formação e da profissão!

Perfil do profissional

Como já dissemos, o trabalho do enfermeiro deve ser realizado visando à manutenção do bem-estar. Por causa disso, é necessário ter boas habilidades de comunicação. Isso para atender bem tanto ao doente quanto aos seus familiares.

A estabilidade emocional também deve ser um dos pré-requisitos para exercer a profissão. Primeiramente, é possível se deparar com situações traumáticas e sofríveis, como a perda de um paciente. Porém, não é preciso ser insensível para ser um bom enfermeiro. A empatia é um traço fundamental para saber lidar de maneira personalizada com cada caso.

Além dessas, podemos citar a proatividade e a capacidade de resolver problemas como características a serem desenvolvidas; muitas vezes os enfermeiros precisam tomar decisões rápidas e precisas.

Matérias da faculdade de enfermagem

Ao longo do curso, o graduando precisa estudar as matérias gerais,  comuns a todos os cursos de saúde. Entre elas,  anatomia humana, farmacologia, bioquímica e imunologia. Essas são disciplinas básicas para qualquer profissional da área compreender o funcionamento do corpo humano.

Também assiste às disciplinas específicas da profissão. Faz parte dessa grade, por exemplo, Ética e Exercício da Enfermagem, que apresenta as bases éticas que devem guiar os enfermeiros. E Enfermagem em Ginecologia e Obstetrícia, que capacita os estudantes para acompanhar trabalhos de parto.

Áreas de atuação

Quando se trata da atuação do enfermeiro, o mais comum é pensarmos naqueles que trabalham nos corredores de hospitais dando assistência aos internados. Mas há muito mais funções que podem exercer.

Os enfermeiros de resgate, por exemplo, trabalham fora dos hospitais, integrando equipes de salvamento a pessoas acidentadas. Existem, ainda, os enfermeiros que trabalham em processos cirúrgicos, preparando os pacientes para entrar na sala de cirurgia. Nesses casos, os enfermeiros são contratados dos hospitais ou servidores públicos e recebem, em média, de R$ 3 mil a R$ 5 mil. O valor varia de acordo com o Estado onde trabalham.

Já os profissionais de home care prestam auxílio a pessoas doentes em suas próprias casas, garantindo a mesma qualidade do serviço hospitalar. O salário desses profissionais pode ser pago mensalmente ou por diária, a depender das necessidades do paciente, e deve ser equivalente à tabela do Conselho Federal de Enfermagem.

Especializações

Quem quer continuar estudando depois da faculdade pode investir em especialização. Além de fornecer mais conhecimento para os profissionais, servem como forma de enriquecer o currículo e garantir um diferencial diante da concorrência.

Esses cursos podem ser encontrados tanto em instituições públicas quanto nas privadas e sua duração varia de um a dois anos. Eles devem ser encarados como um investimento, tanto de tempo quanto de dinheiro, que terão retorno em breve. Afinal, apostar em formações complementares pode aumentar os rendimentos conforme a carreira avança.

A especialização em Estomaterapia, por exemplo, permite ao profissional atuar com mais experiência no tratamento de doenças do trato digestivo e urinário. Já o MBA em Gestão da Saúde lhes garante conhecimento para atuar como administradores em hospitais e clínicas.

Como você pôde ver, o profissional de Enfermagem é fundamental para a manutenção dos sistemas de saúde. Além disso, pode atuar em diversas atividades nessa área.

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre a faculdade de Enfermagem, conta para a gente qual informação foi mais útil para você. Basta deixar um comentário em nosso post!

Escreva um comentário