fbpx

Escolher a carreira a seguir é sempre uma decisão importante e que preocupa muito os pais. Portanto, toda ajuda é muito bem-vinda nesse momento crucial.

Uma das maneiras de tomar a decisão correta é ver quais são as profissões em alta para os próximos anos e analisar as áreas de atuação para ver com qual você ou seu filho se identifica mais.

Para conhecer mais sobre 3 carreiras em alta para os próximos anos, confira este post. Boa leitura!

Use o consórcio de serviços para completar os estudos!

1. Cientista de dados

Com um salário entre R$ 9 mil e R$ 15 mil, a carreira de cientista de dados está em alta. Esse profissional está sendo muito requisitado para auxiliar na tomada de decisões das empresas. Ele é capaz de prever tendências de mercado por meio da análise de dados e estatísticas.

Essa carreira exige qualificações nas áreas de exatas, em especial a estatística, além de um domínio na área de informática, principalmente no que tange à parte de Big Data, machine learning e banco de dados.

Para entrar nesse mercado, uma boa opção é fazer a graduação em Ciência de Dados e Analytics. Há diversas instituições que ofertam o curso, desde as estaduais, federais e até particulares.

2. CFO (Diretor Financeiro)

Das carreiras em alta, essa é a que possui uma das maiores remunerações, podendo facilmente passar dos R$ 50 mil. No entanto, as responsabilidades também são diretamente proporcionais, pois cabe a esse profissional o planejamento financeiro, a coordenação da tesouraria e o manejo do departamento tributário das empresas.

A formação desse profissional tem uma leve variação.  Normalmente, há um destaque maior em três áreas: administração, economia ou engenharia. Além disso, há uma carreira feita nas áreas de controladoria, auditoria ou tesouraria.

Portanto, para aspirar ao cargo é preciso ter um amplo domínio das questões financeiras, de planejamento e tributação. Graduação em administração e especializações em gestão empresarial preparam o estudante para ocupar esse cargo. Por fim, um curso extra de idiomas pode ser um diferencial.

3. Analista de mídias digitais

Esse cargo trata da imagem da empresa, em especial nas redes sociais. Com o advento dessas ferramentas de relacionamento online, tornou-se importante para as companhias o manejo de seu nome nas plataformas. Portanto, cabe ao analista de mídias digitais promover a marca da empresa no ambiente online, além de gerir o relacionamento com o cliente nessa área.

Para atuar nessa carreira, é necessária formação na área de marketing, publicidade e propaganda ou comunicação social. Cursos de especialização em ambiente digital podem ser um diferencial, assim como desenvolvimento web.

Investir na formação profissional é importantíssimo para seguir em qualquer área. Como visto, todas as áreas citadas requerem cursos de nível superior e, em alguns casos, especializações e pós-graduações.

Pós-graduação: pague com consórcio

Nessa hora é importante se planejar financeiramente para investir em você ou no seu filho. Seja para uma faculdade particular, alguns cursos ou na preparação para vestibulares. Por fim, uma boa dica é ver junto ao seu filho as grades curriculares das graduações, especialmente as das carreiras em alta, para identificar afinidades com as matérias e, consequentemente, com o curso e a área.

Gostou deste post? Depois de cuidar da formação do seu filho, que tal cuidar da sua também? Para isso, veja como um MBA executivo pode alavancar a sua carreira.

faça-um-consórcio
Simule um consórcio

Escreva um comentário