fbpx

A faculdade de direito é uma das mais procuradas pelos vestibulandos de todo o país. Tanto pelo seu prestígio quanto devido às amplas possibilidades de carreira que ela garante para seus formandos. 

O curso tem a duração mínima de quatro anos e pode ser feito nas modalidades à distância ou presencialmente. Ao longo dele, é exigida uma vasta carga de leitura que vai dar ao graduando as bases necessárias para lidar com questões teóricas e práticas das profissões. 

Para conhecer mais sobre a faculdade de Direito, continue lendo nosso post. Veja todos os detalhes que você precisa saber antes de prestar vestibular!

Vantagens 

O bacharel em Direito pode escolher entre uma diversidade de áreas profissionais para atuar, tanto em setores particulares quanto em órgãos públicos. E a prática não é restrita aos formados. Como a faculdade exige a realização do estágio obrigatório, o graduando tem a oportunidade de entrar em contato com o dia a dia da profissão ainda durante o curso. 

Além disso, o Direito é uma das áreas com maior número de vagas em concursos públicos, o que garante mais estabilidade do que outras profissões.

Desvantagens

O alto número de formandos pode ser visto como uma desvantagem por aumentar a concorrência no mercado de trabalho. Sabendo disso, é fundamental investir em diferenciais, como a formação em cursos complementares e a atuação em diferentes segmentos. Assim, você pode se destacar diante de seus colegas de profissão. 

Carreira

Depois de se formar em Direito, você pode seguir seu caminho profissional como advogado particular ou em carreiras públicas, o que inclui juízes (federais e da justiça comum), delegados de polícia, defensores públicos e, também, advogados.

Quem quer se tornar advogado, tanto público quanto particular, deve prestar o Exame de Ordem da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para garantir a licença para exercer a profissão. Esse teste tem duas fases e é aplicado em todos os Estados do país três vezes por ano. Para ser aprovado é necessário atingir uma pontuação mínima nas duas fases. 

Para seguir alguma das carreiras públicas é necessário aguardar a abertura dos editais e estudar muito, pois a concorrência para qualquer um desses cargos costuma ser muito alta. Esses são os famosos concurseiros, que depois da faculdade focam na preparação para as provas. 

Especialização e pós-graduação

Além de oferecer diversas áreas para atuação profissional, o Direito também dá a possibilidade de continuar os estudos em cursos de pós-graduação, tanto lato senso como stricto senso. Elas servem para dar mais bagagem ao seu currículo e à sua formação. 

São considerados cursos lato sensu as especializações e os MBA, que concedem certificados ao final, em vez de diploma. Eles são oferecidos por universidades públicas e particulares e são indicadas para os pós-graduandos aperfeiçoarem seus conhecimentos específicos. São exemplos as especializações em Direito Tributário ou Direito Médico. 

Já os cursos stricto sensu são os mestrados e doutorados, que conferem diplomas mediante entrega de um trabalho final. Nesses casos, o estudante deve desenvolver uma pesquisa sobre um problema específico, sob a supervisão de um orientador. Com essa formação, é possível se tornar um professor na faculdade de Direito ou áreas correlatas. 

Agora que você já sabe os detalhes sobre a faculdade de direito, que tal receber nossas dicas para o futuro? Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em seu e-mail!

Escreva um comentário