Você conhece uma profissão que una criatividade, sensibilidade e conhecimento em cálculos matemáticos? Se você está pensando na resposta, saiba que o arquiteto precisa dessas características para alcançar o sucesso. Para desenvolvê-las, é imprescindível fazer a faculdade de arquitetura.

Nela, o estudante terá condições de se preparar para enfrentar o mercado de trabalho e as demandas dos clientes com maestria. Hoje, um profissional necessita ter foco na atualização profissional, porque a tecnologia está cada vez mais inserida no mundo corporativo e em outros segmentos da sociedade.

Neste post, destacaremos como funciona a graduação em arquitetura e aspectos relevantes para obter bons resultados nessa área. Confira!

Veja como é a faculdade de arquitetura

O primeiro passo para iniciar a sua trajetória como arquiteto é entrar no ensino superior. Em geral, os estudantes conseguem o diploma em cinco anos. Para isso, é necessário ter conhecimentos sobre diversas áreas das Ciências Exatas e Humanas. Nos semestres iniciais, o conteúdo está direcionado para matérias teóricas que ajudarão os universitários a compreender melhor o que será abordado nas aulas práticas.

Isso será fundamental para os alunos terem condições de elaborar os próprios projetos, criar plantas e montar maquetes. Na faculdade, há disciplinas que priorizam o desenvolvimento das habilidades de desenho que englobam o trabalho manual e o uso de softwares modernos.

Antes de começar a elaborar os projetos, os estudantes recebem orientações ligadas à construção. Para isso, são abordadas técnicas para dominar os trabalhos de edificação, a estruturação das fundações e as instalações hidráulicas e elétricas.

Saiba como o consórcio pode te ajudar a conquistar o diploma

Conhecimento

São também repassadas noções de estrutura dos materiais e de topografia. Essa base contribui para que o futuro profissional desenvolva projetos que proporcionem conforto e ergonomia para os clientes.

Vale ressaltar que os estudantes obtêm na graduação o conhecimento necessário para desenvolver ótimos trabalhos por meio de matérias que apresentam diversos temas, como:

  • acústica;
  • incidência de luz solar;
  • iluminação;
  • isolação térmica.

Somente podem concluir a faculdade de arquitetura os que fazem o estágio supervisionado. Dependendo da instituição de nível superior, o aluno deve elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Conheça o perfil profissional

Conseguir o diploma é muito bom, não é mesmo? Contudo, é apenas o começo de uma trajetória que exige bastante dedicação. Ser criativo e apresentar senso estético são elementos que ajudam um arquiteto a se destacar no mercado.

Afinal, é preciso ter sensibilidade para avaliar exatamente o que os clientes estão querendo em uma determinada obra. Se o profissional não for organizado, terá muitas dificuldades de ser bem-sucedido.

Também é vital ter uma boa comunicação e espírito de equipe. Dependendo do projeto, o arquiteto terá que atuar junto com engenheiros civis e executar algumas atividades, como acompanhar e fiscalizar obras, monitorar o cronograma de atividades e gerenciar o orçamento.

Outro aspecto importante é a flexibilidade. Em algumas situações, pode haver mudanças no projeto por vontade do cliente ou por outros motivos (estrutura do terreno, disponibilidade de recursos financeiros etc.). Ao conviver com essas situações com tranquilidade, o arquiteto terá mais chances de conseguir um desempenho notável.

Fique informado sobre o mercado de trabalho

Não faltam opções para o arquiteto apresentar os seus serviços. Se tiver espírito empreendedor, ele sozinho, ou com outros colegas de profissão, pode montar um estúdio, onde será possível desenvolver projetos relacionados com decoração e arquiteturas industrial e predial, por exemplo.

A administração pública também abre concursos públicos ou processos seletivos de contratação temporária para arquitetos. Nesse caso, a recomendação é se planejar bastante para estar bem preparado e conseguir uma vaga.

Outra alternativa é dar aulas em instituições de ensino superior públicas ou particulares. Nesse caso, vale a pena investir em cursos de especialização, mestrado e doutorado para ser um professor de alto nível.

Você já percebeu que a faculdade de arquitetura pode oferecer muitas oportunidades. Por isso, procure estudar bastante e acompanhar as tendências do mercado para superar a concorrência.

Se você quer mais informações sobre outros cursos superiores, curta a nossa página no Facebook e não perca a chance de obter mais conhecimento!

Escreva um comentário