fbpx

Juntar dinheiro para adquirir um bem à vista ou fazer um financiamento? Nem uma e nem alternativa. Assim que você passa a conhecer as vantagens financeiras de fazer um consórcio, você esquece essas opções. Essa modalidade, sem dúvidas, pode ser a chance que você precisa para resolver as suas necessidades. E, também, tirar os seus sonhos do papel.

Com planos de vários valores e prazos, é sempre possível escolher um consórcio que caiba no seu orçamento. É por isso que a quantidade de participantes e de contemplados aumenta ano após ano, bem como as oportunidades para aqueles que pensam em comprar uma cota.

Se você ainda está com dúvidas e não sabe se deve investir em um consórcio, continue acompanhando este texto. Você verá como funciona e conhecerá os benefícios dessa modalidade de compra! Boa leitura!

Como funciona um consórcio?

O consórcio é uma modalidade de crédito para a compra de bens ou serviços, em que pessoas se reúnem com um único objetivo: poupar em grupo. É, portanto, um autofinanciamento sem a presença de juros e totalmente parcelado. Entenda como funciona!

Adesão ao plano

Para aderir a um plano de consórcio, o interessado compra uma cota e passa a fazer parte de um grupo, que é formado por pessoas jurídicas ou físicas com o propósito de fazer a compra de um bem ou de serviços. Esse círculo estabelece a duração e as características do plano.

Pagamento das Parcelas

O crédito total da cota é dividido no prazo de pagamento do plano. De modo periódico, os consorciados fazem o pagamento das suas parcelas, as quais formam o saldo de caixa que contempla seus participantes ao longo da vigência do grupo.

Contemplação

A contemplação é hora mais aguardada, pois é quando o integrante tem o direito de usar o crédito para fazer a sua tão esperada compra.

As contemplações acontecem nas assembleias mensais, desde o início até o término do grupo, e podem ser feitas de dois modos:

  • por sorteio: nele participam em condições iguais todas as cotas adimplentes do grupo;
  • por lance: é um valor que o integrante pode ofertar para que as suas chances de ser contemplado aumentem. Lembrando que é possível usar recursos do participante ou o próprio crédito da cota para pagar o lance vencedor (sempre de acordo com as características do plano).

Aquisição do bem

Com o crédito contemplado, o integrante pode escolher o bem ou serviço que deseja comprar, dentro da categoria do seu grupo. A carta de crédito representa o dinheiro à vista, portanto, o consorciado tem maior poder de negociação na hora de fazer a compra. A partir daí, ele precisa continuar seus pagamentos até que o plano se encerre.

Encerramento do plano

É quando o participante encerra suas obrigações e seus direitos com o grupo. Ou seja, é quando ele tem o crédito do seu consórcio disponível, tendo quitado todas as suas parcelas.

simule-um-consórcio-de-imóvel
Realize o sonho da casa própria com o consórcio

Consórcio pode ser considerado um investimento?

Podemos dizer que o consórcio é um modo programado de economizar dinheiro. Logo, esse modelo pode sim ser considerado uma forma de investimento.

Um empresário que planeja a compra de um novo imóvel ou terreno para a ampliação de sua empresa pode usar o consórcio para tal objetivo.

Um taxista pode usar o consórcio para alavancar um investimento e, a partir do pagamento das parcelas, ele vai conseguir manter o seu patrimônio sempre atualizado, ou seja, ter um carro novo a sua disposição. Com isso, vai evitar gastos excessivos com manutenções.

Da mesma forma como qualquer pessoa pode contratar o consórcio de imóvel e fazer a compra de imóveis com o mesmo aumento do seu patrimônio, locando ou comercializando os imóveis pensando sempre em um passivo futuro referente aos aluguéis.

É importante deixar claro que se deve perder o medo de investir, pois sem investimento, é bem mais difícil atingir os objetivos. Quanto mais jovem se iniciar o processo investimento, maiores são os objetivos que podem ser atendidos no futuro.

Quais as vantagens de fazer um consórcio?

Conheça as principais vantagens de investir nessa modalidade de compra!

Não tem juros

Um dos principais benefícios do consórcio é que não há a incidência de juros. Independentemente do tipo de serviço que você vai contratar, nenhuma administradora vai cobrar taxas pelo faturamento da compra.

As empresas que cuidam do consórcio vão apenas cobrar uma taxa de administração, que serve para manter o grupo funcionando e para fazer manutenções necessárias para o bom funcionamento do grupo.

Parcelas pequenas

As prestações do consórcio são bem menores quando se compara a outras opções financeiras. Dessa forma, você pode realizar o sonho que tanto deseja, seja a aquisição do próprio carro, da casa própria, moto ou algum serviço.

simule-um-consórcio-de-carro
Simule um consórcio de carro

Faturamento

Na hora da contemplação você vai poder escolher o que pretende comprar dentro do interesse do grupo. Após a escolha você vai precisar informar à administradora o que vai comprar.

Compra sem entrada

Muitas vezes não temos o valor para adquirir um bem ou serviço, não é mesmo? Porém, saiba que o consórcio pode ajudar a adquirir o que tanto deseja, sem a necessidade de dar nenhuma entrada. O que você precisa fazer é somente pagar as mensalidades em dia.

Crédito sempre atualizado

A contemplação pode ocorrer a qualquer momento. Enquanto isso o seu crédito vai ser reajustado todos os anos, pois assim, ao ser contemplado, você vai ter o valor necessário para fazer a aquisição do que deseja.

As administradoras de consórcios seguem índices de mercado que asseguram um preço justo e, no momento de faturar o que tanto quer, vai poder fazer sem necessidade mudar ou de desistir do seu objetivo inicial.

Como escolher o melhor consórcio?

É importante ter cuidado e observar bem alguns itens para que você tenha segurança e evite problemas durante o contrato. Veja como escolher o melhor consórcio!

Pesquise sobre a administradora

Verifique se a administradora do consórcio tem autorização do Banco Central para trabalhar com essa atividade.

Além disso, é importante pesquisar junto aos órgãos de proteção ao comprador e na internet a reputação da administradora. Veja se há reclamações de antigos clientes e, claro, confira quais os problemas mais frequentes.

Saiba sobre os prazos

Opte por um consórcio que oferte um prazo de duração que seja compatível com a sua necessidade pelo bem ou serviço.

Leia atentamente o contrato

O contrato precisa ser específico e claro quanto a seus termos, constando tudo o que foi negociado e prometido com a administradora.

Tome cuidado com o valor das parcelas

Certifique-se de que o valor das prestações é condizente com seu orçamento mensal. Lembre-se também de verificar os índices de reajuste, analisando se eles não vão comprometer o seu planejamento financeiro.

Confira quais são as formas de contemplação

A contemplação em um consórcio pode ocorrer de várias maneiras, seja no início, seja no final do contrato. Acontece ao ser sorteado ou com um lance vencedor oferecido em uma assembleia.

Enfim, como você pode ver, as vantagens financeiras de fazer um consórcio são muitas, logo, é uma opção vantajosa para aqueles que desejam adquirir um bem ou serviço de alto valor, como um veículo ou um imóvel. Não deixe de levar em conta essas dicas para que você faça uma ótima escolha!

Gostou do texto e deseja continuar aprendendo com os nossos conteúdos? Então, aproveite para ler também o texto “Afinal, posso fazer mais de um consórcio ao mesmo tempo? Entenda!”.

Escreva um comentário