fbpx

consórcio tem sido uma modalidade de compra muito utilizada para adquirir bens. Isso acontece porque, ao contrário do financiamento, ele não sofre incidência de taxas de juros, deixando o valor das parcelas menor. O consórcio de carro seminovo, por exemplo, é uma das opções dos investidores que querem realizar o sonho de comprar ou de trocar de veículo.

No entanto, muitos ainda têm dúvidas quanto ao funcionamento de um consórcio, ao atraso do pagamento e, principalmente, à confiabilidade do investimento.

Pensando em esclarecer essas dúvidas, preparamos este post para falarmos sobre como o ele funciona e se vale a pena fazer um consórcio de carro seminovo. Continue acompanhando e confira! Boa leitura!

Como funciona um consórcio de carros?

A administradora, a partir do momento em que é autorizada a funcionar pelo Banco Central, começa a reunir grupos de integrantes interessados em comprar determinados bens, os quais podem ser:

  • um carro seminovo;
  • um carro zero;
  • um imóvel;
  • um terreno;
  • uma moto;
  • algum tipo de serviço.

Lembrando que é preciso atingir uma quantidade mínima de consorciados para que o sorteio do bem se torne viável. Nessa modalidade de compra, cada membro contribui com um valor todos os meses durante todo o tempo de vigência do consórcio.

O processo do consórcio de carro seminovo é praticamente igual ao que acontece com o de veículo novo, com apenas um detalhe: as administradoras vão determinar, de acordo com a sua política de crédito, quantos anos o veículo pode ter, podendo variar entre 2, 3 e 5 anos de uso.

Quando e por que optar pelo carro seminovo?

Comprar um seminovo tem sido uma grande vantagem — afinal, o zero se desvaloriza assim que sai da concessionária. Isso não acontece com o seminovo. Além disso, as entradas de um carro novo estão cada vez mais altas para o bolso do brasileiro. Confira a seguir algumas razões para optar por um carro usado!

Possibilita mais itens por um preço menor

O valor dos veículos zero está bastante alto, girando em torno dos R$ 40 mil e sem opcionais. Com essa mesma quantia, você consegue adquirir um carro seminovo mais sofisticado, completo e com motor mais potente.

Lembrando que, para aqueles que não abrem mão do “cheiro de novo”, já existem no mercado produtos que imitam o aroma.

Economia para quem troca sempre de carro

O carro zero quilômetro é mais indicado para quem pretende permanecer com ele por pelo menos três anos, já que o veículo sofre maior desvalorização nos primeiros anos de uso. Se o comprador costuma trocar de carro frequentemente, o seminovo é ideal, afinal, evita a perda desnecessária de dinheiro.

Perfeitos para motoristas iniciantes

Os motoristas que acabaram de receber a sua carteira de habilitação tendem a desgastar mais o veículo por conta da pouca experiência na direção.

Por esse motivo, um carro seminovo é uma escolha acertada, pois evita uma preocupação excessiva com cuidados que podem desanimar o novo motorista.

Com cautela, é bom negócio

Embora seja economicamente mais atrativo do que um carro zero, o seminovo exige atenção. Alguns golpes podem ser aplicados, como duplicidade de motor, adulteração de chassi, documentos roubados etc. Portanto, antes de fechar a compra, é preciso verificar todo o histórico do carro.

Hoje já existem serviços que se encontram disponíveis online e com preços acessíveis que fazem essa verificação. Um exemplo é a Checkauto, que permite a verificação apenas com o número da placa do automóvel.

Como escolher o melhor consórcio?

Você tem dúvidas sobre como escolher o melhor consórcio do seu carro seminovo? Então confira aqui tudo o que você precisa levar em conta na hora de fazer a sua escolha!

Contrato

Antes de fechar um negócio, é imprescindível que você leia e conheça todo o contrato. Todas as informações relacionadas ao consórcio devem constar no documento, como prazos, valores das parcelas, taxas que são cobradas e regras.

Então, antes de assinar, tenha ciência do que está sendo oferecido, assim como os seus direitos e deveres.

Administradora

Conhecer o contrato e todas as informações é uma medida extremamente relevante para qualquer negócio a ser feito. No entanto, além de compreender o contrato, conhecer a empresa é essencial no momento de contratar um bom consórcio.

Procure optar por administradoras que apresentem um bom histórico e, principalmente, que sejam transparentes em suas relações com os clientes, fornecendo informações bastante claras sobre os seus produtos e serviços.

Você consegue saber se a empresa tem autorização do Banco Central por meio de uma lista que fica disponível na internet, no site do BC.

Prazos

As empresas de consórcios podem oferecer opções de prazos bem diferentes. No momento de escolher o prazo, é importante saber que quanto mais tempo o consórcio durar, menores vão ser as parcelas pagas pelo consorciado. É fundamental que você saiba se tem a necessidade de comprar o carro com certa rapidez.

Parcelas

Algumas administradoras oferecem diferentes maneiras de fazer o pagamento das mensalidades, que podem ser decrescentes ou lineares, por exemplo.

Nas parcelas decrescentes, o integrante começa pagando parcelas maiores, as quais vão diminuindo de acordo com o tempo de pagamento. Esse é um caso que pode ser muito vantajoso para quem tem condições de pagar parcelas maiores no início, mas não tem muita certeza sobre o futuro financeiro.

Já nas parcelas lineares, os valores são aproximados durante o tempo de pagamento do consórcio. O benefício dessa forma de pagamento é que você fica sabendo o valor aproximado que vai pagar até o fim do prazo.

Taxa de administração

Os consórcios não apresentam taxas de juros, como acontece nos financiamentos. Porém, isso não significa que ele seja totalmente isento de taxas. As empresas de consórcio cobram uma taxa de administração, destinada à gestão do grupo.

O percentual da taxa de administração deve ser informado no momento do contrato. No entanto, é preciso saber que cada administradora pode cobrar o valor que achar melhor. Por isso, antes de assinar e fechar o negócio, pesquise!

Fundo de reserva

Alguns contratos podem prever o pagamento de uma taxa direcionada ao fundo de reserva. Ela é usada para cobrir alguns imprevistos, os quais precisam estar explícitos em contrato. Alguns deles são: desistência de consorciados e a manutenção do grupo em caso de inadimplência.

O valor dessa taxa também pode variar de uma empresa para outra e até mesmo de acordo com as características do contrato, como o prazo para pagamento do consórcio e o número de integrantes.

Lances

Os lances de um consórcio podem ser livres (escolha do consorciado) ou fixos (equivalem a um percentual determinado sobre o valor total do crédito que foi contratado).

Nos livres, a administradora vai determinar apenas um percentual mínimo para o lance que o integrante terá que respeitar. Já nos fixos, os participantes oferecem um valor que pode estar entre o percentual mínimo e o máximo que a empresa determina.

simule-um-consórcio-de-carro
Simule um consórcio de carro

Quais as vantagens oferecidas pela Embracon?

A Embracon oferece muitos benefícios competitivos. Um ótimo exemplo é o limite de aquisição de carros com até 5 anos de uso. O elevado número de contemplações da Embracon se deve à quantidade e à solidez de grupos que ela administra.

Outra vantagem são as parcerias com diversas montadoras, concessionárias e lojistas. Eles fazem empresas do segmento automotivo reconhecerem a Embracon pela agilidade no processo de pagamento desses carros. É extremamente diferente de uma administradora pouco conhecida. É importante frisar, ainda, que a carta de crédito da Embracon é amplamente aceita no segmento.

Além disso, a Embracon também oferece outras vantagens, como o consórcio “Mais por Menos”, que é um plano em que o consumidor pode comprar uma carta de crédito maior e pagar parcelas menores.

Escolher um consórcio não é uma tarefa muito simples. Há muitas variáveis que precisam ser levadas em consideração e que são tão fundamentais quanto estar atento aos valores envolvidos.

Por isso, é preciso deixar claro que para fazer um consórcio de carro seminovo, bem como o de um zero, é importante ter um bom planejamento na hora de controlar e de honrar com os compromissos financeiros. Por meio dele você vai conseguir relacionar todas as suas despesas e receitas, controlando melhor as suas contas.

E então, ficou interessado e quer investir em um consórcio de carro seminovo? Aproveite para fazer uma simulação aqui!

Escreva um comentário