fbpx

Colocar um automóvel novo na garagem é um sonho, tanto para quem ainda não tem um quanto para quem quer fazer uma troca de modelo.

Mas, com essa vontade de mudança, a pergunta que o cliente geralmente se faz é: “quando trocar de carro?”

O consumidor é abarrotado de campanhas publicitárias o ano inteiro com as chamadas de “última promoção” ou “promoção imperdível”, por exemplo. Todas elas criam a expectativa de que aquele pode ser o melhor momento ou a melhor oportunidade de compra — mas, na prática, oferecem quase sempre as mesmas condições e descontos.

No entanto, alguns detalhes podem fazer a diferença para encontrar o momento ideal de aquisição e o cliente sair ganhando na hora de trocar de carro. Se você busca um veículo novo para colocar na garagem, acompanhe algumas dicas importantes para não errar na compra!

Qual a melhor época do ano para comprar um carro novo?

São semanas e até meses de namoro pelas lojas e concessionárias até que o cliente tome a sua decisão sobre qual a marca e o modelo que mais agrada para fechar a compra.

Por outro lado, as condições econômicas do país não permitem que o consumidor possa se dar ao luxo de não pensar em descontos, promoções e preços mais baixos.

É preciso usar de estratégia para alcançar o objetivo de levar o carro para casa — e pelo menor preço. Por isso, as montadoras sempre mostram o seu jogo e deixam claro que o segundo semestre apresenta mais vantagens para a compra de veículos.

O principal fator para isso é que esse período compreende a época em que as lojas recebem os novos veículos do ano seguinte e, para não estocar os carros do ano, dão início às promoções com preços mais atrativos por esses modelos. Isso motivado, principalmente, pela desvalorização que o carro vai sofrer com a virada de ano.

Quais são as melhores promoções?

As montadoras programam os calendários promocionais de acordo com os períodos de baixa e de fechamento de metas. Se comprar um carro no segundo semestre é melhor para o cliente, a empresa precisa garantir que os veículos não fiquem parados nas lojas entre janeiro e junho.

No começo do ano, aproveitando a época de festas, as promoções estão voltadas aos bônus nos preços, avaliações do usado acima da média e nos financiamentos atrativos.

Do outro lado, o cliente também se beneficia ao pagar o IPVA total do ano, e não uma parcela do final do ano anterior e a atual alguns meses ou semanas depois. No bolso, isso faz uma grande diferença!

Saldões das montadoras

A última semana do mês é o melhor momento para barganhar seu carro novo. Como as montadoras impõem metas às concessionárias, é preciso atingir os objetivos de venda e, por isso, é o momento em que são feitos os melhores negócios.

Durante os saldões, a concessionária coloca à venda o número de unidades que estão emperradas para bater meta da loja. Nesses veículos, os vendedores têm uma margem especial para trabalhar o preço, que são os descontos que aparecem de última hora para fechar negócio.

Para quem procura uma boa opção, basta ter paciência e jogo de cintura para negociar. Assim, com certeza o cliente vai sair ganhando, já que interessa muito para a empresa a venda desse veículo.

Feirões

Muitos clientes aproveitam essa oportunidade para negociar um carro usado na troca por um novo. As lojas estão mais dispostas a atender às necessidades do cliente e, por isso, nesses momentos os veículos são negociados com prazos e condições especiais.

Os feirões trazem alguns bônus especiais para os modelos que as concessionárias querem diminuir no estoque — por isso, são mais interessantes para o cliente. Algumas condições de pagamento, brindes e até mesmo acessórios no carro podem ser barganhados pelo consumidor na hora de fechar o negócio.

Para o cliente, é uma sensação de que o poder de compra está intensificado. Para as lojas, é o momento de trabalhar com as margens de valores para não perder o negócio.

IPVA pago

Essa é a chave de uma negociação bem-sucedida! No segundo semestre, as lojas começam a oferecer de bônus ao cliente o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que varia de acordo com as leis do estado, mas, via de regra, custa de 2,5% a 4% do valor do veículo, segundo a Tabela Fipe.

Essa pode ser uma excelente bonificação, principalmente se vier acompanhada da transferência de documentação e emplacamento do veículo, em caso de ser 0 km.

Como conseguir o melhor preço quando trocar de carro?

Se você passa pela maratona de visitar diversas concessionárias de veículos, atrás do carro que caiba no seu bolso e nos seus sonhos, separamos algumas dicas importantes que vão facilitar a sua vida na hora de fazer o melhor negócio. Veja!

Espere o final do mês

A hora certa para o cliente negociar um carro novo é no final de cada mês. Os vendedores precisam bater as suas metas e, por isso, estão mais flexíveis a aceitar propostas e oferecer descontos dentro das margens possíveis para a empresa.

Pesquise o preço do seu usado

Antes de ir até a loja negociar a troca do seu carro usado, faça uma consulta ao valor corrente da Tabela Fipe de acordo com o modelo e o ano de fabricação.

Pesquise qual a desvalorização real para o seu veículo e não aceite negócios por valores muito abaixo desse esperado.

Não se encante com os brindes

Os vendedores costumam oferecer como brinde pela compra o jogo de tapetes do carro, mas, na sua maioria, esse acessório já é cedido de fábrica ao cliente. Negocie o seu brinde, já que o IPVA e o emplacamento são muito mais interessantes.

Observe o modelo e o ano de fabricação

Fique de olho nos carros que estão em oferta. O ano de fabricação influencia na desvalorização do veículo, por isso, um carro do ano corrente costuma valer menos que um automóvel com o ano de fabricação seguinte.

Para quem prefere trocar de carro e quer fazer a melhor negociação, o segundo semestre tem as suas vantagens. Porém, uma boa pesquisa de preços em longo prazo pode garantir que o cliente consiga o melhor negócio, mesmo em outras épocas!

Gostou das dicas para acertar quando trocar de carro? Então aproveite a sua visita e não deixe de assinar a nossa newsletter, para receber todas as nossas atualizações diretamente em sua caixa de entrada!

simule-um-consórcio-de-carro
Simule um consórcio de carro

Leia também:

Como acertar na escolha do primeiro carro
Consórcio de carros usados vale a pena?

Escreva um comentário