fbpx

Se você não sabe como montar um roteiro de viagens eficiente para viajar com a família, saiba que não está sozinho. Afinal, viajar não se resume apenas a embarcar em um avião rumo ao destino escolhido, não é mesmo?

É preciso ter todo um planejamento para evitar que o seu orçamento estoure ou que ocorram imprevistos no local. Falta de hospedagem disponível, pontos turísticos interditados, entradas esgotadas para determinadas atrações são situações que podem te pegar desprevenido.

Por essa razão, reunimos 7 passos que vão ajudar você nessa tarefa. Também vão garantir que a sua próxima viagem seja inesquecível e você possa aproveitar tudo que deseja. Acompanhe!

1. Escolha o destino

Para começar, é importante escolher o destino que você quer conhecer, seja ele nacional, seja internacional. É a partir disso que você poderá se organizar e traçar metas de despesa. Pode, inclusive, decidir o momento certo para viajar — uma vez que alguns locais são mais indicados no verão, enquanto outros são ideais no inverno, por exemplo.

2. Defina as datas da viagem

A próxima etapa é definir as datas da viagem. Portanto, leve em consideração o tempo que você deseja passar na viagem — dias, semanas ou até mesmo meses — e o momento em que ela vai acontecer — durante um final de semana, um feriado prolongado, nas férias ou, quem sabe, em um período sabático.

3. Liste as atrações turísticas do local

Definida a data da sua viagem, é hora de listar as atrações turísticas que você visitará. Inclua monumentos, espetáculos, parques e afins. Aqui é importante não só reunir os nomes delas, mas também anotar os bairros, os horários de funcionamento, se é preciso fazer reserva e os valores que são cobrados por pessoa ou grupo.

4. Veja os preços das opções de transporte local

Outro ponto relevante do roteiro de viagens é checar os preços cobrados pelo transporte público local. Em grandes cidades (como Nova York, Lisboa, Paris, Londres, Barcelona etc.), pegar ônibus ou metrô é uma boa opção. Além de segura, é rápida e mais barata do que recorrer a táxis e aplicativos de motorista particular.

5. Pesquise as passagens

Pesquise as passagens com melhor custo-benefício para o seu bolso, especialmente se a única forma de chegar ao destino é de avião. Para essa tarefa, os buscadores virtuais como ViajaNet, Skyscanner e Kayak podem ser grandes aliados.

Essas ferramentas permitem que você faça levantamentos de voos diretos ou com escalas/conexões, descubra todas as companhias que operam o trecho desejado, encontre promoções e ofertas especiais e muito mais.

6. Procure a melhor alternativa de hospedagem

Tenha sempre em mente a importância de procurar boas alternativas de hospedagem — independentemente de você optar por um hotel, uma pousada, um albergue ou uma acomodação pelo Airbnb.

Para isso, considere não só a diária cobrada e a possível existência de impostos municipais para visitantes, mas a localização da hospedagem e as comodidades que ela oferece (Wi-Fi gratuito, café da manhã incluído, bicicletário, serviço de transfer etc.).

7. Faça um balanço prévio de gastos

Por fim, faça um balanço prévio para chegar a uma estimativa de gastos durante a sua viagem. Pegue papel e caneta e some todos os custos que indicamos ao longo do texto.

Feito isso, você poderá traçar um planejamento financeiro e se programar para ter um orçamento que arque com todas as suas despesas. E, ainda, permita alguns luxos, como comprar souvenirs para os amigos e parentes.

Como você viu, saber como montar um roteiro de viagens para curtir com a família fica muito mais fácil com o passo a passo. Por isso, não deixe de seguir as nossas dicas para aproveitar a viagem com segurança, tranquilidade e o mínimo de imprevistos possível!

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então curta a nossa página no Facebook para conferir dicas de como usar o consórcio para viajar cada vez mais!

Escreva um comentário